quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Policarma

O que é Policarma?
(poli + carma) – Princípio de causa e efeito, atuante na evolução da consciência, quando centrado no senso e vivência da maxifraternidade cósmica, além do egocarma e do grupocarma.

Sinonímia. Vivência do teleguiado cosmoético; Exemplarismo da maxifraternidade cósmica; Princípio de causa e efeito superior.

Poderia explicar melhor esta definição?
Na lei de causa e efeito temos a conta-corrente individual (egocármica), e grupal (grupocármica), e existe a conta-corrente policármica, que abrange estas duas e vai além, centrada no senso e vivência da maxifraternidade cósmica, ou seja é universalista, focado na interassistencialidade máxima.

O que é Policarmalidade?
É a condição mais evoluída da Holocarmologia, além da egocarmalidade e da grupocarmalidade, quando a consciência concentra-se na assistência lúcida interconsciencial de modo espontâneo, cosmoético e intenso, pondo neste empreendimento a razão de ser da própria evolução. A Policarmalidade é a qualidade consciencial para expressar o nível de manifestação assistencial expandida, maxifraterna e atacadista quando, no mínimo, 51% do egoísmo foi superado.

Qual a área de atuação na vivência da Policarmalidade?
Tudo indica que a pessoa que entrou na vivência da Policarmalidade, não pratica assistência somente ao seu Grupocarma (família, amigos, profissão, escola, bairro, cidade, estado), ela atua na assistência multidimensional e multiexistencial, dentro de um ciclo de autorrevezamentos multiexistenciais, que é o processo ou efeito de a consciência lúcida revezar-se, com inteira autoconsciência, no desenvolvimento ininterrupto dos empreendimentos evolutivos, avançados e intencionalmente entrosados, ao máximo, entre as séries de intermissões pré-ressomáticas e pós-ressomáticas e as vidas intrafísicas, consecutivas, continuadas, multisseculares.

Parece que é tudo relacionado à assistência, mas que tipo de assistência é esta?
Na conscienciologia dentro da especialidade Assistenciologia, existe o conceito de tacon e de tares, na Policarmalidade a tares (tarefa do esclarecimento, assistencial, pessoal ou grupal, avançada) predomina sobre a tacon  (tarefa da consolação, assistencial, pessoal ou grupal, primária).

Que recursos assistenciais se utilizam na Policarmalidade?
Temos várias ferramentas assistenciais de ponta, de ínicio a tenepes depois se chega a ofiex, e também as gescons,  o desenvolvimento parapsíquico é a melhor forma de ampliar o universo da interassistencialidade devido a vivência em múltiplas dimensões.

O que é a tenepes e por que ela é tão importante dentro da Policarmalidade?
A tenepes é uma prática assistencial avançada, diária, para o resto da vida, onde a pessoa doa suas energias para outras consciências necessitadas. O praticante veterano da Tenepes terá uma Ofiex que é uma "base" extrafísica, uma espécie de "enfermaria espiritual", onde ocorre assistência espiritual às consciexes enfermas; curas espirituais; desassédio de conscins obssediadas, etc. Tudo isso ocorre a nível extrafísico, espiritual. Calcular o número de consciências atendidas durante os exercícios diários da Tenepes é impraticável. Basta considerar a hipótese do atendimento de uma só consciex-enferma-líder que influa sobre centenas de consciências extrafísicas doentes, através de hipnose mental coletiva, em comunidades extrafísicas inferiores. O atendimento de uma consciex-enferma-líder, através da Tenepes, deixaria centenas de consciências extrafísicas livres, sem influência hipnótica do seu líder-extrafísico-tirano, predispondo-as a renovações conscienciais coletivas, podendo serem levadas à hospitais espirituais para tratamento.

O que é Gescon e por que ela é tão importante dentro da Policarmalidade?
Gescon ou gestação consciencial, é a produção de obra útil, cosmoética, esclarecedora e fraterna, pode ser livros ou instituições, que vão perdurar nesta dimensão intrafísica, ajudando pessoas durante séculos. Esta ferramenta é importante porque não se sabe o alcance assistencial que uma gescon pode produzir.

Que sinais primários identificam a pessoa que começou a ir além do grupocarma?
É a pessoa que já sabe tudo que tem que fazer, já tem iniciativas maiores do que antigamente na vida dela. Com isto ela procura também não ter mais conflito. Conflitos existem por causa de alguma coisa errada. A maioria das pessoas são conflitivas consigo mesmas, pelo auto assédio querem defender o próprio ego, e então ficam com assédio intraconsciencial e brigam com outras. No holocarma não existe isto mais. Ela sabe que este é o caminho da evolução e quando está assistindo alguém, é agradecida a pessoa por se deixar assistir por ela. Então o assistido é o assistente, há uma inversão dos papéis. Depois de uma ofiex (Oficina extrafísica do epicon intrafísico praticante da tenepes) a gente vê de maneira palpável que a pessoa já entrou dentro da policarmalidade.

O que caracteriza a Policarmalidade?
Se caracteriza, pelo menos, por estas 10 posturas pessoais, de alto nível de megafraternidade:
01.  Abertismo. A pessoa aberta intrafísica e parapsíquicamente com Neoengenharia Social.
02.  Abnegações. A pessoa já não reinvindica nada para si.
03.  Autoconsciencialidade. É o primeiro passo evolutivo.
04.  Autodoação. Não poupa esforços no universo da tares.
05.  Cosmovisão. Nível da holomaturidade cosmoética.
06.  Deixamento. Tem inteligência pré-dessomática atuante.
07.  Minipeça. É a minipeça do maximecanismo multidimensional.
08.  Priorização. É focada e interessada nas consciências, acima de tudo.
09.  Transparências. Não faz acobertamentos intraconscienciais.

Como se observa, a policarmalidade, é inteiramente pró-paz, antítese da guerra e da desafeição, materializando o tão sonhado e falado amor, de modo teático (teoria + prática), além da teoria apenas da Filosofia, da Arte e da lógica temporal da Ciência Materiológica.

Poderia dar exemplos de pessoas que já praticam a Policarmalidade e o que caracteriza seu holopensene?
Eis os traços holopensênicos pessoais de 4 Serenões, dentre os já mapeados hoje e designados aqui, individualmente por simples apelido ou epíteto:
1.      Australino. Caracterizam o holopensene deste Serenão: Argentina; assistência à Antártida; Ilha de Páscoa; Malvinas e Cone Sul; fronteiras; antigas civilizações; cooperação efetiva na abertura do idioma espanhol para o Mundo; reurbanização extrafísica de sítios antigos; e o antibelicismo. Ainda na vida intrafísica, parecia não ter 50 anos de idade em 2001; compleição vigorosa; moreno claro, tostado pelo Sol.
2.      Ki-lin. Caracterizam o holopensene deste Serenão: China; assistência às populações do Oriente, notadamente ao 1/5 chinês da atual população planetária de 6 bilhões e 500 milhões de seres humanos; abertura da cultura chinesa para o mundo em futuro próximo; e o antibelicismo. Ainda na vida intrafísica, apresentava mais de 70 anos de idade (Ano 2000); talhe delicado; olhos vivíssimos; e cabelos brancos ralos. Dessomou em 2003.
3.      Monja.  Caracterizam o holopensene desta Serenona: Espanha. Assistência interdimensional; assistência intercontinental; abertura do orientalismo; desconfrontação extrafísica; metologia muldimensional; e o antibelicismo; Mais íntima às atividades da Revolução Consciencial promovida pela Conscienciologia e a Projeciologia. Está hoje na vida extrafísica.
4.      Reubanizador. Caracterizam o holopensene deste Serenão: Alemanha; promoção de reurbanizações extrafísicas; assistência aos órgãos internacionais de maxifraternismo, ONU, Unesco, união das 2 Alemanhas, queda do Muro de Berlim, demografia européia, Parlamento Europeu, Estado Europeu, União Européia, euro, e outros; defesa da Ecologia ou a promoção da Revolução Ambiental; e o antibelicismo. O mais potente dos Serenões conhecidos. Esta, hoje, na vida extrafísica. Tinha o soma desestruturado pela idiotia, deformado, oligofrênico, quando viveu na matéria até 1990.

Bibliografia: Homo Sapiens Pacificus pag. 887, 916, 917.
http://pt.conscienciopedia.org/Policarmalidade  acessado em 15/12/11 hora: 12:00.
http://www.amaluz.net/tenepes.html  acessado em 15/12/11 hora: 12:20.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo blogs pois nos ensina muito , amo aprender aqui , obrigado , obrigado!

    ResponderExcluir